Blog
As 4 principais ameaças à segurança de rede e os seus impactos no negócio

As 4 principais ameaças à segurança de rede e os seus impactos no negócio


À medida que as ferramentas e plataformas tecnológicas são atualizadas, os ofensores também aperfeiçoam as suas estratégias de ataques. Por isso, é crucial estar ciente de quais são as vulnerabilidades que comprometem a segurança de rede da sua empresa e trabalhar para corrigi-las, a fim de evitar invasões e roubos de dados sigilosos.

De modo simples, a vulnerabilidade de rede consiste em uma falha de segurança que deixa os seus equipamentos e sistemas expostos à ação de agentes criminosos. São várias as táticas utilizadas para invadir uma rede, como os ataques DDoS, que podem causar um grande estrago aos seus negócios.

Neste post, você vai conhecer as principais ameaças à sua segurança de rede, quais são os seus impactos e como se proteger. Confira!

1. Malware

O malware pode ser definido como um software mal-intencionado, que consegue entrar na rede por meio das vulnerabilidades nela encontradas. Ao abrir um e-mail e clicar no link ou anexo, o usuário automaticamente contribui para que o software de risco seja instalado.

Os principais riscos gerados pelo malware incluem: a instalação de outros softwares ainda mais nocivos, comprometimento de componentes específicos para torná-los inoperantes e obtenção de informações secretas a partir da transmissão de dados armazenados no disco rígido. A melhor forma de se proteger é nunca abrir links ou arquivos de e-mails de remetentes desconhecidos e com conteúdos suspeitos.

2. Espionagem industrial

Embora na maioria das vezes feita de maneira ilegal, muitas empresas se utilizam da espionagem industrial para investigar a sua concorrência, com o intuito de descobrir informações privilegiadas e que tragam alguma vantagem comercial, como os processos de um serviço ou fórmula de um produto.

A ameaça acontece desde pela contratação de funcionários espiões que se infiltram na empresa até por técnicas de engenharia social, que atraem a atenção dos colaboradores nas redes e estimulam a divulgação de informações sigilosas. Para se defender, é preciso estabelecer um código de conduta entre a sua equipe, além restringir o acesso de dados importantes apenas aos profissionais responsáveis por utilizá-los.

3. Ransomware

Bastante popular, o ransomware se caracteriza como um subconjunto de malwares que atuam no bloqueio dos dados que estão armazenados na máquina da vítima, quase sempre a partir da criptografia. Uma vez que a invasão é bem-sucedida, o invasor solicita um determinado pagamento para o resgate das informações e para que o acesso seja liberado.

Geralmente, a motivação para esta modalidade de ataque é financeira. Da mesma forma que os malwares, os ransonwares são distribuídos por e-mails maliciosos e aplicativos infectados. A conscientização da sua equipe, bem como o uso de antivírus e camadas de segurança é essencial para barrar a ameaça.

4. Ataques DDoS

Sem dúvidas, o DDoS é um dos ataques digitais mais comuns e perigosos que podem atingir a sua rede. Também chamado de ataque de negação de serviço distribuído, ele utiliza computadores infectados dos mais diversos países, tendo como finalidade sobrecarregar a rede da companhia.

Após essa ação, as solicitações lotam a capacidade do sistema, fazendo com que o servidor não consiga lidar com o alto volume de demandas, fique instável, trave ou caia totalmente. A ameaça é realizada para pedir resgate financeiro para interromper o DDoS ou para prejudicar a imagem da empresa. Afinal, quando isso acontece, a companhia sofre prejuízos no relacionamento com o cliente, que podem levar muito tempo para serem recuperados.

Contar com uma política de segurança bem estruturada é imprescindível para garantir a segurança de rede do seu negócio. Nesse sentido, a UPX tem a expertise para te ajudar, pois oferece tecnologias inovadoras desenvolvidas in-house, uma equipe especializada em segurança cibernética, além de ser pioneira na mitigação de DDoS em nuvem no Brasil. Portanto, blinda o seu negócio das ameaças virtuais, enquanto você se dedica ao seu core business.

Quer ficar por dentro de mais conteúdos como esse? Então aproveite e curta agora a nossa página no Facebook!


Data de publicação:

22/10/2021

Compartilhar:

Confira também:

Guia de infraestrutura e proteção de rede
Redes

Guia de infraestrutura e proteção de rede

Leia mais

Benefícios do SASE
Cibersegurança

Benefícios do SASE

Leia mais

RPKI: o que é, como funciona e quais são suas vantagens?
Redes

RPKI: o que é, como funciona e quais são suas vantagens?

Leia mais

Fale com
um Especialista

Envie o seu contato para que um dos nossos especialistas possam te retornar via e-mail. Os campos marcados com “*” são de preenchimento obrigatório.