Blog
Entenda como funciona o gerenciamento de logs

Entenda como funciona o gerenciamento de logs


Grandes sistemas geralmente possuem muitos usuários, sejam sistemas abertos ou fechados. A cada novo acesso, novas informações são registradas, assim como em qualquer outro evento que os desenvolvedores desejam registrar. Para conseguir organizar esse alto volume de informações produzidas, faz-se necessário efetuar o gerenciamento de logs. Com ele, as buscas por um dado específico podem ser feitas de modo mais fácil.

Este artigo fala a respeito do que é esse tipo de gerenciamento. Ao ler o texto, você saberá inicialmente o que são os arquivos de logs e por que eles são importantes. Em seguida, entenderá como funciona o gerenciamento desses arquivos. Por fim, conhecerá as boas práticas que levam a um gerenciamento seguro e eficaz.

Não perca tempo e leia agora mesmo!

O que são logs?

Durante a execução de procedimentos em um sistema, ocorrem inúmeros eventos. Um evento pode ser definido como uma ação de um usuário: um acesso, download ou a troca de informações. Como forma de registrar determinado acontecimento são usados os arquivos de logs.

Assim, podemos afirmar que um log nada mais é do que um repositório de informações com a finalidade de registrar tudo aquilo que se tem interesse. Os dados coletados não são uniformizados e variam de acordo com a programação destinada pelos desenvolvedores do sistema em questão.

Como funciona o gerenciamento de logs?

Normalmente, os arquivos de logs registram muitas informações, pois é desta forma que se consegue uma boa visibilidade de tudo que está acontecendo. Isso é importante até mesmo por questões de segurança. O ponto relevante surge a partir do momento em que uma quantidade absurda de arquivos de logs são gerados.

Nasce daí a importância do gerenciamento de logs: sem o devido controle, todas essas informações poderiam se tornar inúteis. Para que isso não aconteça, é necessário gerenciar o registro dessas informações e isso pode ser feito usando ferramentas destinadas exclusivamente a esse fim.

Além disso, também é importante armazenar de modo seguro o arquivo que guarda todos os registros de logs, pois em alguns casos, dados sensíveis podem ficar registrados, e podem ocorrer vazamento de informações obtidas do log.

Outro ponto importante é onde armazenar o log. Uma máquina, por exemplo, que gera o log de todos os acessos que teve, e o guarda dentro da própria máquina, corre o risco de sofrer um acesso indevido e ter o log apagado pelo invasor. A razão disso é que em casos de registro de acesso, por exemplo, um invasor pode os apagar e cobrir seus rastros. E isso impossibilita a identificação de um criminoso digital.

Logs de segurança, precisam ficar em sistemas independentes que não tem credenciais de administração compartilhadas com os sistemas que estão gerando os dados. Nesse caso, se um sistema for invadido, os dados do acesso estão em outro local que precisará ser invadido também para ter o log comprometido.

Quais são as boas práticas para implementar o gerenciamento de logs?

Para que se tenha um controle eficiente e seguro, deve-se usar softwares de gerenciamento de logs. Existem várias opções no mercado, como o Datalog, LogDNA e Netwrix Auditor. Independente da solução adotada, é importante que algumas características estejam presentes.

Um dos atributos necessários é a facilidade de monitoramento, pois com um volume muito grande de informações é preciso que seja fácil encontrar o que se deseja. Assim, o sistema interno de buscas é muito relevante no momento da escolha. Além disso, também é importante observar o nível de segurança em relação ao armazenamento de informações, dado o grande número de ataques cibernéticos existentes hoje em dia.

Efetuar um bom gerenciamento de logs é fundamental para controlar bem as informações registradas nesse tipo de arquivo. Com o alto número de acessos e movimentações tidas hoje nos sistemas, o volume de informações é altíssimo. Sem um devido gerenciamento, a guarda desses dados pode se tornar sem efeito. Ao escolher uma ferramenta de organização, não se deve esquecer do quesito segurança, pois a integridade do sistema dependerá em grande parte da solução adotada.

Gostou do conteúdo? Então aproveite e leia também o artigo sobre quais são os dados que um provedor de internet armazena!


Data de publicação:

22/09/2021

Compartilhar:

Confira também:

A Internet 5G vem aí. Estamos preparados?
Redes

A Internet 5G vem aí. Estamos preparados?

Leia mais

O que fazer em caso de um ciberataque?
Cibersegurança

O que fazer em caso de um ciberataque?

Leia mais

Tudo o que você precisa saber sobre rotas BGP e sua importância para Sistemas Autônomos
Cibersegurança

Tudo o que você precisa saber sobre rotas BGP e sua importância para Sistemas Autônomos

Leia mais

Fale com
um Especialista

Envie o seu contato para que um dos nossos especialistas possam te retornar via e-mail. Os campos marcados com “*” são de preenchimento obrigatório.