Blog
Formbook no ranking mundial de malwares

Formbook no ranking mundial de malwares


O roubo das credenciais utilizadas nas plataformas virtuais representa um grande perigo para os usuários, pois expõe os seus dados pessoais e até mesmo financeiros, podendo resultar no vazamento de informações sigilosas e prejuízos inestimáveis. Por isso, tomar cuidado com o Formbook, um dos malwares mais distribuídos no mundo, é de extrema importância para as empresas.

Afinal, o vírus que atua na captura das credenciais nos navegadores é altamente danoso. Saber como ele funciona e as suas consequências é imprescindível para barrar a sua ação. Neste post, você vai entender o que é e como se precaver contra o Formbook. Confira!

O que é o Formbook?

Identificado pela primeira vez em 2016, o Formbook é definido como um vírus infostealer, que consiste na categoria de malware projetado para roubar informações dos usuários online sem que sejam notados. Perigoso, ele pode roubar credenciais armazenadas nos navegadores web, monitorar e registrar a digitação de teclas, capturar imagens e executar arquivos seguindo as ordens de comando e controle.

Segundo o Índice Global de Ameaças, levantado no mês de agosto de 2021 e publicado pela Check Point Software, o Formbook é o vírus mais utilizado por cibercriminosos em todo o mundo. O estudo aponta que neste período 4,5% das empresas do planeta que tiveram as suas plataformas atingidas por algum tipo de vírus foram atacadas pelo Formbook. No Brasil, a ameaça foi classificada como a segunda mais comum e impactou cerca de 5,25% das organizações.

Por que o infostealer tem crescido tanto?

Geralmente, o Formbook é distribuído por emails de spam que são enviados com anexos fraudulentos. Ao clicar em um desses anexos, o usuário colabora para a infecção da sua máquina pelo vírus.

A partir daí, a ameaça passa a monitorar a atividade do computador, recolhendo os dados do navegador, uma vez que registra teclas digitadas, logins e senhas, sites visitados e dados da área de transferência.

O vírus tem crescido tanto que até deu origem a uma nova família denominada XLoader e que tem como alvo principal as pessoas que utilizam macOS. Isso se deve à facilidade com que o Formbook é espelhado, tendo em vista que muitas pessoas ainda não sabem identificar emails maliciosos.

Além disso, o vírus também é disponibilizado por desenvolvedores como ‘’serviço’’, logo qualquer cibercriminoso, mesmo que iniciante, pode pagar por uma assinatura e começar a utilizá-lo, disparando-o por meio de falsas campanhas de email. Vale destacar que o malware é escrito em linguagem C, tem inserções de montagem e apresenta diversos truques que o deixam evasivo e dificultam a sua análise por parte dos especialistas.

Quais são as suas consequências?

Assim como a maioria dos vírus que captam informações, o perigo do Formbook está no fato de violar a privacidade do usuário, já que as suas credenciais podem ser utilizadas para invadir o seu perfil em plataformas de trabalho e de banco, por exemplo. Portanto, o criminoso pode roubar informações sigilosas e expor as atividades da empresa ou ainda realizar transferências em nome do usuário, o que causa um enorme prejuízo.

Outra consequência do vírus é a possibilidade de ele acionar comandos na máquina, como capturar imagens, executar arquivos, reinicializar e desligar o sistema — ações que comprometem a segurança e produtividade das suas operações.

Como se proteger do Formbook?

Com base no conhecimento de que o Formbook é distribuído por email, é preciso que os usuários ajudem a blindar esse canal. Nesse sentido, há que se contar com uma política de segurança da informação com ferramentas, normas e diretrizes que orientem os colaboradores sobre como identificar e barrar a ação desse tipo de malware.

A cibersegurança da empresa também deve ser reforçada, contando com metodologias que ampliem a proteção dos ativos armazenados ou transmitidos pela rede do negócio. Serviços de monitoramento de dados e de mitigação de ameaças são essenciais para evitar o sucesso e alastramento do vírus nas suas plataformas.

Silencioso e perigoso, o Formbook coloca em risco dados pessoais do usuário e também das empresas. A conscientização dos colaboradores mais o uso de mecanismos de segurança digital é uma combinação indispensável para manter esse malware longe.

Achou este post útil? Compartilhe-o nas suas redes sociais e mostre para os seus amigos tudo o que é preciso saber sobre o Formbook!


Data de publicação:

27/10/2021

Compartilhar:

Confira também:

Guia de infraestrutura e proteção de rede
Redes

Guia de infraestrutura e proteção de rede

Leia mais

Afinal de contas, o que é que é CASB? Entenda!
Cibersegurança

Afinal de contas, o que é que é CASB? Entenda!

Leia mais

Os benefícios de uma proteção DDoS eficaz
Ataques DDoS

Os benefícios de uma proteção DDoS eficaz

Leia mais

Fale com
um Especialista

Envie o seu contato para que um dos nossos especialistas possam te retornar via e-mail. Os campos marcados com “*” são de preenchimento obrigatório.